5 Tendências para serem Esquecidas!!!


E hoje tem vídeo novo no canal!
Falo um pouquinho sobre algumas tendências da moda que não me agradam.
Lembrando que essa é a minha opinião e respeito e de todos.
Espero que gostem :)



Ganhadora do Sorteio!

E a ganhadora do nosso sorteio foi: Rúbia Serpa 
Parabéns Rúbia!!! Estaremos entrando em contato para entregar seu presente o quanto antes.
Obrigada à todas as participantes e rumo aos 1.000 likes para rolar um sorteio ainda melhor. 

Free Nails


Quem é alérgico sabe muito bem a dificuldade que é encontrar cosméticos que não causem reações. Mas a boa nova é que as grandes marcas estão se conscientizando cada vez mais e começam a apresentar produtos menos tóxicos (o que não quer dizer que sejam 100% seguros para todas as pessoas, cada caso é um caso). Em se tratando de esmaltes, cujas composições mais antigas traziam substâncias malignas como formaldeído e tolueno, a variedade já é bem grande e só tende a aumentar. Veja algumas das marcas:

Eclat, da Alergoshop
A linha Eclat ganhou recentemente mais cinco cores que, assim como as outras 40 da coleção, são 7 free, ou seja, sem DBP, tolueno, formaldeído, resina de formaldeído, cânfora, conservantes e petrolato.
Océane Femme
Recém-lançada, a linha de esmaltes da Océane Femme tem 24 cores e é 5 free, não possuindo tolueno, formaldeído, DBP, parabenos e cânfora.
Granado
Todos os esmaltes - que vêm em 39 cores - são livres de tolueno, parabenos, formaldeído, cânfora e DBP.


Risqué
Toda a linha de esmaltes da Risqué foi reformulada e ganhou não só uma nova embalagem como agora é hipoalergênica, sem tolueno, formaldeído e DBP.
Colorama
A maior parte do catálogo de esmaltes da Colorama é 5 free (sem tolueno, formaldeído, dibutilftalato, resina de formaldeído e cânfora), com exceção da linha Única Camada, dos tratamentos Nutribase e da Cobertura Intensificadora da Cor.

Revlon
Livres de tolueno, ftalato de dibutila e formaldeído, as cores vibrantes e de acabamentos variados da Revlon atraem os olhares de muitas mulheres nas prateleiras das farmácias e perfumarias.

Ludurana
Os esmaltes da Ludurana, que acabou de lançar uma coleção assinada por Bruna Marquezine, são formulados sem tolueno, forml e DBP e vêm em uma imensa variedade de cores.

Essie
Famosa no mundo inteiro, a Essie é conhecida pelos esmaltes de longa duração e acabamento impecável, além de ser livre de tolueno, formaldeído e DBP.



Madeixas Saudáveis.

Olá meus amoreeesss!!! Tudo bem com vocês?

Hoje vamos falar sobre elas...que tem vontade própria, que tem dias que não conseguimos domá-las. Ninguém mais, ninguém menos que: nossa cabeleira!



– Pode parecer estranho mas já é comprovado que lavar o cabelo todos os dias faz mal para os fios. Como os shampoo têm pH alto eles provocam ressecamento, por isso é  aconselhável lava-los apenas 2 ou 3 vezes por semana.
Como meu cabelo é muito oleoso, preciso lavar todos os dias.Então para você que compartilha desse mesmo problema, uma dica bacana na hora de lavar é misturar a quantidade de shampoo que você está acostumada a passar, com a mesma quantidade de água.
Lembre-se! Aplicar o shampoo apenas no couro cabeludo, nunca no comprimento!

– Protetor térmico também é nosso aliado na hora de manter os fios saudáveis. Acredito que a maioria de vocês, assim como eu, seque os cabelos todos os dias, nem que seja só pra modelar a franja, né?! Por isso, sempre aplique um protetor térmico da sua preferência, pra não deixar que o cabelo entre em contato direto com o calor do secador, chapinha ou babyliss.

– Assim como lavar os cabelos da maneira correta faz total diferença, pentear também faz! Quando nosso cabelo está molhado,os fios ficam muito mais sensíveis, escolha secar primeiro seu cabelo para depois penteá-lo. Caso seus fios fiquem muito embaraçados, invista em uma escova que não agrida muito os fios. (dica: Tangle Teezer)

– O cabelo não se mantém hidratado sem uma boa hidratação a cada 15 dias! Confira nosso post onde ensinamos uma hidratação ótima e caseira!

Guia para Iniciantes - Pokémon GO!

Separamos algumas dicas para você que está iniciando no jogo Pokémon GO.


Como encontrar Pokémon?
O jogo foi feito para você se mexer, então, é necessário sair caminhando para inciar à caça aos mascotes. Os mesmos vão aparecendo e seu celular vibrará para alertar que há algum Pokémon na proximidade.
Uma dica legal é ficar de olho no “Nearby” no canto inferior direito da tela.
Clicando ali poderá ver quais os Pokémon próximos de você!




Como capturar Pokémon?

Para capturar os Pokémon, assim que ele aparecer na tela, clique no mesmo e a tela de captura se iniciará.
Arraste a PokéBola com o dedo de forma que a arremesse em direção ao Pokémon onde ele aparece na sua tela. Repare que o círculo em volta do Pokémon na hora da capturar pode ter cores diferentes: verde (fácil capturar) laranja (não tão fácil assim) e vermelho (difícil).

Uma dica legal, é prestar atenção no círculo verde que surge ao clicar na PokéBola. Quanto menor ele estiver na hora que a arremessar, maiores as chances de conseguir capturar o Pokémon!



O que é CP?
O poder de luta do seu Pokémon, onde, quanto maior mais forte ele será!

Como aumenta o CP?
Quando captura um Pokémon, você ganha dois itens: StarDust (insira nome do Pokémon) Candy. Cada aumento de CP exige uma certa quantidade desse Candy e de Stardust. Tendo a quantidade solicitada basta largar o dedo no botão Power UP e ver o CP aumentando!



Como evoluir o Pokémon?
Para evoluir seu Pokémon você deve entrar no menu onde aparecem seus Pokémon selecionar o Pokémon desejado e ter a quantidade exata de Candy daquele Pokémon. (Exemplo: 25 doce de Charmander) e ai clicar no botão de evoluir!
Uma dica legal é que capturar tudo o que ver pela frente, guardar consigo apenas os Pokémon com maior CP e então usar o comando Transfer nas réplicas.(Exemplo: você tem 5 Rattatas, pegue o de maior CP e use o Transfer nos demais! Você irá perder o Pokémon duplicado em que deu Transfer, mas em troca você ganha um Candy daquele Pokémon.



Acabaram minhas PokéBolas! E agora?
Não se preocupe. Você tem duas opções:
Comprar através da lojinha virtual do jogo (isso exige dinheiro de verdade);
Ou andar até o PokéStop mais próximo e clicar nela. Você gira o círculo que tem a fotinho e se der sorte ganha muitas Poké Bolas e até outros itens! (Não se preocupe é bem alta a chance de vir Pokébolas! eu ganhei 25 numa só!) Além disso ao subir de nível você ganha Poké Bolas como prêmio também. A cada 5 minutos a PokéStop volta ao normal e já dá para coletar mais Poké Bolas


Cabelos Oleosos - Como Cuidar?

Você acorda, lava os cabelos, seca, se prepara para o dia e quando chega a hora do almoço já dá para ver aquela oleosidade começando a aparecer. No final do dia, ela aumentou e no dia seguinte a forma e volume já estão comprometidos, e é bem capaz que o efeito "escorrido" seja a definição do visual.

Para não desanimar, é preciso entender que a oleosidade não é algo ruim, pelo menos não quando ela está em uma quantidade normal. "O sebo é o óleo natural produzido na região do couro cabeludo. Ele protege todo o cabelo contra quebra e contra a poluição", diz Joana Tebar Figueira, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

As causas que favorecem a oleosidade excessiva dos fios são muitas, mas não se desespere, é possível se livrar desse problema com alguns cuidados.



1.Lavar os cabelos em dias alternados

Quem tem cabelo oleoso não pode descuidar da rotina de lavagem dos fios. Lavar pouco aumenta a oleosidade e vezes demais pode ter o mesmo efeito. É melhor lavar os cabelos em dias alternados. Não é indicado ficar dois ou três dias sem lavar ou lavar três vezes ao dia. "Se você não tira a oleosidade na medida ideal a glândula sebácea fica muito estimulada a produzir mais", explica Adriano Almeida, tricologista e presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo.

2.Usar shampoos para cabelos oleosos

Shampoos específicos para cada tipo de cabelo não são um mito, há um estudo para desenvolver cada produto e eles tendem a ser melhores para este tipo de fio. Os para cabelo oleosos possuem tensoativos, ou seja, substâncias encarregadas de se ligarem em gorduras e sujeiras e levá-las embora com o enxague.

3.Equilibrar o uso de Sulfato

Apesar de o Lauril Sulfato de Sódio ser considerado um vilão atualmente, no caso do cabelo oleoso ele pode ajudar, uma vez que ele resseca mais e ajuda a reduzir a oleosidade.

4.Desconfiar do efeito rebote

O efeito rebote, neste caso, seria quando o xampu removeria o sebo capilar em excesso, fazendo com que o organismo entenda que ele precisa produzir mais óleo para suprir aquela necessidade. Contudo, segundo explica o farmacêutico e cosmetólogo Portilho, não há evidências que comprovem a ocorrência desse efeito. Além disso, nem o lauril ou outro tensoativo mais suave vão atuar nas glândulas sebáceas, portanto a produção de oleosidade será a mesma, o que significa que o efeito neste sentido é um mito.

5.Evitar banhos muito quentes

A água quente pode gerar um maior ressecamento da pele e couro cabeludo e acabar estimulando as glândulas a produzirem mais oleosidade. Por isso, a recomendação dos especialistas é que a pessoa tome banho com a água morna, o mais fria que ela conseguir, para evitar este efeito. Segundo a dermatologista Joana, não adianta tomar um banho quente e depois apenas finalizar com um jato frio, "pois a glândula já foi estimulada a produzir mais, então a pessoa acaba se enganando achando que apenas com um jato frio conseguiria reverter este estímulo".

6.Evitar cremes sem enxague

Uma das possíveis causas da oleosidade são os resíduos que ficam nos cabelos e podem gerar a proliferação de fungos, aumentando a quantidade de sebo no local. O uso de condicionador em excesso, ou de cremes sem enxague, geram alguns destes resíduos que podem ajudar a obstruir os poros de saída das glândulas na região do couro cabeludo, que quando não são retiradas corretamente podem evoluir para um quadro de dermatite. Além disso, como essas glândulas não são obstruídas de forma homogênea, isso pode fazer com que as glândulas que não estão com a sua saída obstruída produzam mais óleo para suprir a ausência das demais, o que acaba aumentando a oleosidade, o uso de cremes sem enxague no geral deve ser avaliado, assim como o condicionador, se realmente há necessidade de uso e, de qualquer forma, somente o utilizar nas pontas.


7.Shampoo a seco para emergências

O xampu a seco é uma espécie de talco que ajuda a retirar o excesso de sebo do couro cabeludo e é o melhor amigo de quem tem cabelo oleoso. Mas, atenção, ele só deve ser usado em emergências ou compromissos de última hora - como uma reunião de urgência, um encontro no final do dia que o cabelo já está sem volume e outros imprevistos. O uso do do mesmo nunca deve ser estimulado como um hábito de vida diário. A substância utilizada para a sua formulação é o amido de alumínio, que ajuda a absorver a oleosidade e melhorar o brilho dos cabelos, mas não substitui uma lavagem por não remover a sujeira. Usar este tipo de produto constantemente também gera resíduos que podem ajudar a obstruir a saída dos poros de oleosidade, o que pioraria o quadro.

8.Apostar em tratamentos de longa duração

Apesar da maioria dos produtos contra oleosidade só funcionarem durante o seu uso, hoje já existem tratamentos que têm uma duração maior. Portanto, quando a oleosidade incomoda ou já surgiu a caspa, é importante procurar um tricologista ou dermatologista, que são as especialidades médicas mais habilitadas para lidar com o problema. O especialista poderá avaliar o tipo de cabelo e outros sintomas que a pessoa tenha e prescrever o que é melhor para tratar o problema no caso dela, o que é muito individual, ou seja, o que funciona para uma pessoa não necessariamente será a solução para outra.

9.Não usar álcool, vinagre ou limão para tirar o óleo

Métodos caseiros amplamente divulgados, como usar álcool, vinagre ou limão para retirar a oleosidade, podem não ser uma boa ideia e, em alguns casos, até ser um perigo para os fios. Esses produtos só irão secar os fios, o que pode causar uma irritação e até uma dermatite de contato.

10.Argila para Cabelos Oleosos

A argila desintoxica o couro cabeludo, deixando-o mais saudável, ativando a circulação sanguínea da área e regenerando o couro cabeludo. A argila funciona também como um produto de limpeza profunda, pois faz uma esfoliação limpando e retirando resíduos acumulados.
A melhor argila para tratar a oleosidade é a argila verde, pois tem ação adstringente. Ela  também combate a caspa, controla a produção de sebo reduzindo a oleosidade e também trata doenças do couro cabeludo.


Cuba por Chanel

Uma das mais importantes grifes de luxo do mundo voltou os seus olhos para Cuba, que vive um momento político de grande destaque com a abertura econômica e aproximação com os Estados Unidos. Na sua coleção resort de pré-primavera 2017 encontramos uma linda e colorida cartela de cores.

Nos últimos meses, Cuba recebeu o Papa, Obama e os Rolling Stones. Só faltava mesmo abrir as portas para um dos maiores ícones do luxo capitalista, a Chanel, que escolheu a ilha para apresentar sua coleção resort. Afinal, nos anos 30, madames cubanas, como a lendária condessa Revilla de Camargo, costumavam viajar a Paris para encomendar seus vestidos de alta costura com a própria Coco Chanel, um hábito que terminou com a revolução que depôs o ditador Fulgencio Batista no Réveillon de 1959 e expropriou os milionários locais, que fugiram da ilha. 



As tops brasileiras Gisele Bündchen e Alice Dellal, a atriz inglesa Tilda Swinton e o ator de filmes de ação Vin Diesel chegaram ao desfile no Paseo del Prado a bordo dos coloridíssimos Chevrolets conversíveis locais, que, aliás, apareceram nas estampas de várias roupas. A população local, que na véspera recebeu com festa os primeiros turistas americanos num cruzeiro vindo da Flórida, estava excitadíssima, assistindo a tudo das sacadas dos prédios coloniais. Pessoas que, tempos atrás, foram obrigadas a se vestir de maneira simples e uniforme, para romper com a moda dos “opressores perversos” e que agora parecem ávidas pelas mudanças que finalmente estão chegando ao país, como a brisa que não para de soprar em Havana.

A maioria dos looks tinha pegada masculina com blazers bem cortados, gravatas e chapéus Panamá e os vestidos de noite eram brilhosos, coloridos em tons pastel que lembram as fachadas de Havana. Nas camisetas, lia-se “Viva Coco Libra”, algo que nem fez piscar o neto de Fidel, Antonio, que, como um gentleman, distribuía guarda-chuvas para as visitantes quando uma garoa ameaçou cair. O capitalismo tem seu charme.


A Chanel não só acertou na excelente coleção, que chega às lojas, inclusive às de São Paulo, a partir de novembro, mas também no ineditismo do local escolhido. No dia seguinte, quem desembarcou na ilha foi a trepidante Kim Kardashian, que postou um selfie atrás do outro no Instagram, tudo filmado para o reality-show de sua família. Definitivamente, Cuba jamais será a mesma. É bom visitar antes que abram o primeiro McDonald’s.