09 fevereiro 2016

Viagem para Madri.

Por que visitar Madri?



Madri é uma cidade com centenas de espetáculos teatrais, óperas, milhares de bares e uma vida noturna incrível.
A cidade nunca dorme e você pode sair para caminhar com segurança em qualquer horário da noite, sair de compras nas “Rebajas” e voltar carregada de bolsas.
Aiii Madri, quem conhece se apaixona!

Ficamos hospedados na praça Puerta del Sol, localizada bem no centro onde facilitava o acesso para outros lugares.




Para se locomover em Madrd é muito fácil, pois há uma rede de transportes bastante completa. Geralmente íamos de metrô até determinada linha e voltávamos o caminho inteiro caminhado, para conhecer cada detalhe e cada cantinho dessa cidade encantadora.



Onde comer em Madrid?
O ponto alto da cozinha “a la madrileña” são as tapas, os famosos petiscos espanhóis, como presuntos crus, azeitonas temperadas, queijos variados, frutos do mar, carnes defumadas, entre outros. Tudo isso sempre acompanhado de um bom vinho espanhol. Prove as zonas do centro, La Latina, Chueca e Salamanca que são as melhores da cidade.
Eu particularmente fiquei viciada nos risotos de frutos do mar acompanhado com um frisante geladinho.

Dicas de passeio:
Gente, nós conhecemos a cidade de cabo a rabo, todos os pontos turísticos e não turísticos. Saíamos a pé sem rumo e andávamos por tudo, na maior tranquilidade.
Sobre os pontos turísticos que não podem deixar de ser visitados, eu indico: TUDO!
Vou tentar listar algum para vocês...

Palácio Real
Antes era residência oficial da família real mas desde a abdicação do bisavô do atual rei (como moradia), esse passou a ser apenas um lugar de visitação turística ou para celebração de alguns atos oficiais.

 





Plaza Mayor
A principal praça de Madri foi cenário, em tempos passados, de numerosos atos públicos tal como corridas de touros, procissões, representações teatrais, festas e julgamentos da Inquisição. Alguns dos apartamentos funcionam como salas do Governo e outros são habitados por moradores locais. A parte de baixo é coberta de bares e restaurantes, além de comércios tradicionais.


Mercado de San Miguel
O Mercado de San Miguel é um mercado histórico e monumental, repleto de reminiscências literárias. Localizado no coração da parte antiga de Madri, é a área de maior personalidade da cidade e tem o objetivo de reunir os melhores comerciantes, profissionais, especialistas e entusiastas em suas respectivas especialidades. Tudo ligado a qualidade, frescura e sazonalidade dos alimentos.

Catedral de Almudena
Próxima ao Palácio Real, esta é a principal catedral da cidade. Local de casamento do atual rei Felipe e sua mulher Leticia.Possui uma mistura de estilos arquitetônicos pois sofreu várias destruições ao longo das guerras e sua reconstrução deu-se em períodos diferentes. É a igreja da padroeira da cidade, a Virgem de Almudena.



Museu do Prado
É o mais importante dos museus da cidade e o grande orgulho de Madri. Tem mais de quinze mil objetos de arte e guarda obras de autores como Goya, Velázquez e El Greco.



Puerta del Alcalá  – Esse portal de 1778 dá as boas-vindas aos visitantes e é um símbolo da cidade, o portal de cinco arcos é majestoso e deixa muitos turistas extasiados com seu tamanho e era a antiga porta de entrada da cidade.

Ah e claro o estádio Estádio Vicente Calderón, que foi onde vimos a UEFA Champions League (Atlético de Madrid e Madrid).

 Leão solto em Madri
 Parque ao lado do estádio




Ai dá até vontade de chorar de saudades dessa viagem.
É uma viagem que super recomendo e tenho muita vontade de vivenciar novamente.


Espero que tenham gostado e se empolgado para conhecer essa maravilha chamada MADRI!




Nenhum comentário:

Postar um comentário