29 abril 2016

Cinco dicas para escolher base ideal!


Eis a questão!
Essa dúvida é mais comum do que imaginamos, então para resolver isso, trouxe 5 dicas básicas para ajudar você com esse dilema.
Preparadas? Então vamos lá!

Primeira passo:



Normal, seca, mista, oleosa? Saber qual é seu tipo de pele é essencial para escolher a base certa para você! Cada tipo de pele tem necessidades e reagem de formas diferentes, quando algum produto é aplicado. 

Pele normal: A pele normal tem uma textura fina, e uma superfície suave, e macia. É bem equilibrada então pessoas que possuem esse tipo de pele são privilegiadas e podem usar qualquer tipo de base.

Pele seca: Como o próprio nome sugere, é uma pele seca e com pouca elasticidade. Pessoas que possuem esse tipo de pele devem escolher bases que contenham substâncias emolientes, e com acabamento acetinado para que a pele fique com aparência de mais hidratada e bem cuidada. Dê preferência para bases cremosas.

Pele mista e oleosa: A pele mista é um dos tipos de pele mais comum e é uma combinação de pele pele seca (área ao redor dos olhos, boca e bochecha) e oleosa (Zona T, testa, nariz e queixo). Pessoas que possuem esse tipo de pele devem escolher bases que não possuem nenhum tipo de óleo em sua formula (oil-free), isso ajudará a controlar a produção de óleos pelas glândulas deixando a pele com o aspecto sequinho por mais tempo. Dê preferência para bases mais liquidas, fluidas e em pó.

Essa dica não vale somente na hora da maquiagem, vale para roupas e acessórios também. Descobrir o tom de pele é fundamental para escolher o que combina com você ou não. Uma forma fácil de descobrir seu tom de pele é observando as veias do seu corpo.

Veias azuladas (subtom rosado): combinam mais com tons frios.
Veias esverdeadas (subtom amarelado) : combinam mais com tons quentes.
Veias azuladas e esverdeadas (subtom neutro): combinam com ambos.



O erro mais comum é escolher a base testando o produto no pulso ou no dorso da mão. O ideal é testar o produto no rosto baseando-se na cor dos seus ombros e colo. É importantíssimo igualar o tom de ambos para que o rosto não fique muito mais claro que o resto do corpo.



Ver resenhas e tutoriais de pessoas com a tonalidade de pele parecida com sua é uma ótima forma de ter uma noção se aquela tonalidade pode realmente ficar legal em você. Mas jamais compre se baseando somente pelo o que viu na internet.

Por mais que você ache que ficou perfeita a base depois de testar na loja, não compre antes de ver o resultado em várias iluminações diferentes. As vezes na loja o tom deu certinho mas, ao sair de lá não deu muito certo! O ideal é você sair da loja, dar uma olha como ficou na luz natural, tirar algumas fotos do rosto, ver como a base se comporta ao longo do dia, se a durabilidade foi boa para seu tipo de pele. Ai sim, se estiver tudo ok, bem harmonizado e se realmente gostou, volte e compre a base!


Calma que talvez ainda tenhamos uma solução!

– Se ficou muito escura: misture com algum hidrante ou protetor solar que seja branquinho, isso vai dar uma suavizada na cor da base e deixar ela mais leve para o seu rosto;

– Se ficou muito clara: aplique a base no rosto e depois passe um pó bronzeador nos pontos certos do rosto;

– Aproveitando as duas: use a mais clara para iluminar abaixo dos olhos e o nariz, e a escura para contornar o rosto.

Espero que tenham gostado das dicas.
Beijinhos e até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário