Viagem para Cartagena.

quinta-feira, maio 12, 2016 Soraia Pinheiro Savoldi 4 Comments


Chegamos em Cartagena à meia noite e a sensação foi "MEDO!".
Ficamos hospedados na cidade muralhada, então por ser a noite e não conhecer nada, fiquei com um pouco de medo assim que chegamos, além disso o taxista nos deixou uma quadra longe do hotel, pois havia entrado na rua errada. Então multiplica por 2 o medo que estava sentindo. Haha

Nos hospedamos no hotel Casa de La Fé, localizado em frente ao Parque Fernandes Madrid - Super Recomendo!
Sobre o hotel: Estilo pousada possui uma arquitetura colonial, simplesmente uma graça!
Os funcionários são muito gentis sempre prontos a ajudar. Café da manhã simples, mas muito bom.



A piscina foi muito bem aproveitada, para nos ajudar a enfrentar o calor da cidade.


 Primeiro dia em Cartagena:
Caminhamos pela cidade muralhada, andamos pelas muralhas e voltamos ao hotel para tomar banho de piscina.
Percebemos que acordamos muito cedo, então a primeira dica é que o comércio na cidade se inicia as 9h. O lado bom de bater perna cedo é que não está tão quente, então aí fica a segunda dica: leve apenas roupas confortáveis e frescas, pois nunca passei tanto calor na minha vida!


 



Almoçamos no restaurante MONTMARTRE - decoração fofa, comida boa e preço justo.
Eles possuem um "Cardápio do dia" (custa em torno de 18.000 pesos por pessoa) onde conta com uma entrada, prato principal e um suco de fruta.




Depois do almoço, fizemos um tour com uma Chiva (contratamos no hotel - $65.000 pesos por pessoa). O passeio durou em torno de 4 horas e conhecemos toda a história da cidade. Cerca de 70% da população faz parte de uma classe social muito pobre, vive na simplicidade e possuem uma alegria contagiante.
No tour conhecemos a parte nova da cidade, a cidade muralhada e terminamos no Café del Mar para ver o pôr do sol mais lindo da história.






 

Pôr do Sol incrível - Café del Mar

La verdadera Piña Colada

Talvez você ache que o preço é salgado, mas acredito que se você fizer o tour por conta vai sair mais caro além disso, para mim o mais importante foi ter conhecido um pouco da história da cidade. Saber o que era feito em cada pedacinho e ver o dia a dia das pessoas. Acredito que isso, não tem preço!

Depois do passeio retornamos ao hotel, nos refrescamos na piscina e saímos para jantar sem destino, optamos por um dos restaurantes ao redor do Parque Fernandes Madrid, comemos uma pizza nas mesinhas da rua e presenciamos algumas danças da região.


 Segundo dia em Cartagena:

Começamos a bater perna umas 9h e fomos conhecer o colorido e cheio de arte, bairro Getsemani:





Almoçamos no restaurante La Mulata, que foi onde tomamos a melhor limonada de coco da viagem inteira. A comida era muito boa e o preço bacana.




 Caminhamos mais um pouco pela cidade e fomos cedo para o Café Del Mar, pois queríamos pegar uma mesa bem em frente ao pôr do sol.


Ficamos até anoitecer e seguimos para o hotel para se arrumar para a janta.
Nesse dia, encasquetei que queria um anel de esmeralda, então pedimos dica para o pessoal do hotel de uma joalheria BBB (bom, bonito e barato), hehe. Nos indicaram várias mas fomos na mais próxima ao hotel "Elia". O atendimento foi excelente, a loja possuía umas peças muito bonitas e conseguimos um bom desconto para que conseguir meu tão sonhado anel.

Fomos jantar em um restaurante argentino Marzola. Pedimos carne, batatas e para acompanhar nossa tradicional limonada de coco. (jantar em torno de 51.000 pesos).
A decoração do restaurante é linda, a parede é toda revestida com tampinhas de garrafa.





Ficamos um pouco no parque e voltamos ao hotel.

 Terceiro dia em Cartagena:

Tínhamos apenas meio período na cidade, então andamos pela cidade para comprar umas lembrancinhas.




 Almoçamos novamente no Montmartre para nos despedirmos da cidade. Fizemos as malas e partimos ao aeroporto.

Resumo da Ópera:
- Para ir à Cartagena é necessário que você esteja com o coração e mente abertos. A cultura e os costumes são muito diferentes dos nossos, então é necessário um tempo para adaptação.
- É necessário ficar atento com os vendedores de rua, eles sempre procuram um jeitinho de vender alguma coisa. Lembre-se: Provou, tem que levar!
- O termômetro marca 33º mas a sensação é de 50º, portanto: roupa fresca, protetor solar e MUITA água.
- Se você for como nós que não se importam em passar o dia todo batendo perna, considero que dois dias são suficientes para conhecer toda a cidade.
- Pelas ruas há muita fruta, comida típica e o principal: Pessoas felizes!

Espero que tenham gostado e aproveitem as dicas!
Próximo destino? San Andres. Então fiquem ligados que em breve vou postar tudinho para vocês!


4 comentários:

  1. Nossa, que amor! Amei seu roteiro pela cidade e já deu vontade de conhecer. :)

    www.nattanymartins.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale super a pena essa viagem flor.
      Que bom que gostou... aguardo seu post quando for, heim? hehe
      beijos

      Excluir